02/02/2015

Uma visita ao Instituto Inhotim

Bom dia! Passei um final de semana em Belo Horizonte e um dos destinos que aproveitei para conhecer foi o Instituto Inhotim, uma instituição destinada à arte contemporânea que fica em Brumadinho, cerca de uma hora de BH.

O parque é imenso e muito bonito. Como eu tinha só um dia para conhecer tudo, comprei o ingresso com o carrinho que faz o percurso (recomendo muito). Ainda assim, não consegui visitar tudo, mas valeu a pena.

Tirei uma foto que mostra bem o que é o local: uma galeria no meio de um parque muito bonito e muito bem cuidado.


Inhotim


Os bancos espalhados pelo parque são do designer Hugo França. Ele transforma madeiras descartadas pela movelaria tradicional ou condenadas naturalmente em bancos, cadeiras, mesas, etc. Em Inhotim está o maior acervo desse artista. Os bancos além de muito bonitos são bem confortáveis.

Hugo Franca


Como o espaço é gigante e o tempo é curto, meu conselho é entrar antes no site e fazer um roteiro das coisas que você mais quer conhecer. Eu não fiz isso e vou colocar aqui algumas galerias e lugares que gostei bastante.

Começo com a galeria do Matthew Barney. Ele fez uma instalação bem interessante.

Matthew Barney


A galeria da Adriana Varejão também é muito boa. É proibido tirar fotos nessa galeria, então só tirei fotos da área externa, dos azulejos pintados, olha que lindos:

Adriana Varejão


Na galeria do Cildo Meireles você entra numa casa onde tudo é vermelho, os móveis, livros, fotos, enfim, é bem legal (essa foto aqui é do site):

Cildo Meireles


Uma obra que impressiona chama-se Elevazione, de Giuseppe Penone. É uma escultura de bronze no meio (que parece muito uma árvore de verdade) presa ao chão por estruturas de aço e rodeada por 5 árvores naturais. A impressão que temos é de uma árvore maior sendo sustentada pelas outras menores.

Além dessa, vale a pena conferir as obras de Rirkrit Tiravanija e Marepe.

Giusepe Penone


Gostei muito da galeria do Tunga, Cosmococa e do galpão Cardiff & Miller. Como eu falei, não consegui ver tudo, mas gostei muito desses que citei.

Na saída tem uma lojinha de artesanatos, vasinhos, agendas de Inhotim, etc. Achei que merecia uma foto:

arranjo de vasos


Para chegar em Inhotim você pode alugar um carro em BH ou pegar um ônibus na rodoviária, que sai cedinho.

Boa semana!